logo dmachado advocacia empresarial
D&Machado Copyright 2019
Desenvolvido por ZoeDea Studio.
Todos os direitos reservados.

TERCEIRIZAÇÃO – UM RECURSO POUCO UTILIZADO

Blog D&Machado - Terceirização um recuso pouco utilizado

Uma empresa precisa, muitas vezes, repensar estrategicamente a melhor forma de contratação, diante de vários tipos de desafios que enfrenta. Ano passado tivemos muitas mudanças na legislação trabalhista que ainda estão sendo pouco utilizadas, mas que podem ajudar muito.

Uma dessas mudanças foi a possibilidade de uma empresa terceirizar a atividade fim, e não apenas as atividades paralelas à sua principal finalidade. Isso abriu um leque de possibilidades que podem ser aproveitadas, mas ao mesmo tempo uma série de cuidados a serem tomados.

Imagina que, se você tem uma fábrica de sapatos, antes poderia terceirizar apenas as atividades que não eram diretamente ligadas à fabricação, como serviço de zeladoria, limpeza, segurança, entre outros. Com a mudança na lei, agora você pode terceirizar a fabricação em si. Você pode ter uma empresa de fábrica de sapatos e não ter nenhum empregado diretamente contratado, apenas administrar a fabricação de forma a entregar o produto final aos seus clientes.

Também, para casos em que há uma grande sazonalidade de demanda, o que inviabiliza a contratação e demissão de funcionários constantemente, você pode utilizar esse recurso para manter seus prazos de entrega e não deixar de atender clientes, sem onerar sua produção.

A terceirização diminui os custos com funcionários para algumas empresas, possibilita o surgimento de novas empresas que contratam profissionais e que direcionam esses profissionais para as empresas tomadoras do serviço, e ainda amplia a possibilidade de colocação do profissional no mercado de trabalho.

Por outro lado, a terceirização de profissionais da atividade fim pode gerar perdas na composição da equipe, já que normalmente a rotatividade é alta e demora para os novos profissionais se adaptarem à filosofia de trabalho de determinadas empresas.

Agora, é preciso prestar atenção à forma que a terceirização é realizada, para não gerar prejuízos, e ainda a empresa que contrata o serviço precisa cuidar porque, na eventualidade de qualquer falta da empresa intermediária, ela responderá por todos os direitos do empregado.

Vale a pena acrescentar as contratações ao planejamento estratégico da sua empresa, algo que raramente é levado em consideração.

Sem comentários

Deixe seu comentário