Publicações

Dicas para sua empresa obter lucros na Black Friday

Dicas para sua empresa obter lucros na Black Friday

01-11-18

matéria_25_10

 

Importada dos Estados Unidos, a Black Friday, tem ganhado importância no comércio brasileiro nos últimos anos, especialmente no e-commerce. Este ano, a atividade comercial está programada para o dia 23 de novembro.
Cada vez mais lojistas, dos mais variados segmentos, tem ingressado no evento, visando lucrar, considerando que os consumidores sempre estão dispostos a consumir neste dia, já pensando nas festividades de final de ano e aproveitando os grandes descontos.
No entanto, é necessário fazer os cálculos e definir estratégias para que seu empreendimento não fique no prejuízo, e ainda, perca clientes. Então, veja algumas dicas para não acabar surpreendido e lucrar no grande dia:

1 – Faça um planejamento
O primeiro passo é ter organização e definir um plano, sem criar promoções de última de hora. Quando se tem um planejamento, você pode, por exemplo, negociar com um fornecedor mais em conta, repassando ao cliente um desconto real e ainda sair lucrando.

2 – Defina suas promoções
É preciso ter cuidado para não desvalorizar seu produto, ainda mais aquele que é o principal da sua empresa. Não baixe muito os preços. Por exemplo, vender à metade do preço pode parecer que antes era oferecido acima do que realmente vale.
Considere baixar mais os valores daqueles produtos que estão há mais tempo no estoque e que possuem uma quantidade significativa.

3 – Não aumente o preço para baixar depois
Esse é um erro muito comum e o consumidor percebe, pois pesquisa e compara antes da compra no Black Friday. Essa atitude pega mal para a marca. Ofereça descontos reais e que sejam vantajosos para as duas partes. Lembrando que, propaganda enganosa pode gerar processo contra a sua empresa e será negativo para a sua imagem.

4 – Faça uma boa divulgação
Durante as semanas que antecedem o Black Friday, os consumidores são bombardeados de informações e promoções, desde os grandes até os pequenos comércios. É preciso ter criatividade na hora de anunciar seus produtos e descontos, destacando as vantagens para o consumidor. As redes sociais são grandes aliadas para esse momento.

5 – Calcule
Uma boa divulgação requer investimento, então pegue a calculadora e veja até onde vale investir. É preciso cuidar da sua saúde financeira e não gastar mais em divulgação em algum produto que não dê retorno. Seja estrategista.

6 – Observe os preços
Veja o que seu concorrente está oferecendo de desconto, mas, não entre na guerra. Se ele oferece um desconto no limite da margem de lucro, não se desespere e baixe mais apenas com o intuito de superá-lo, pois não vale a pena correr riscos e ficar no prejuízo.

7 – Pense no estoque e logística
Ter certeza que haverá quantidade suficiente para atender a demanda dos seus consumidores é importante. Além disso, você precisa certificar-se que conseguirá entregar as compras para o seu cliente, e dentro do prazo estabelecido pela sua marca. Esse comprometimento é importante para fidelizar o consumidor e ele voltar em outras ocasiões para fazer compras na sua empresa.

Antes de embarcar no Black Friday avalie se, para seu negócio, realmente vale a pena. Considere o custo benefício, se os ganhos serão reais para a empresa e superam os custos com a divulgação e o reforço para a logística. Acima de tudo, pense se a ação não irá prejudicar a relação da empresa com os seus consumidores. O evento pode ser interessante, gerar grandes lucros, mas você precisa pensar além disso, nos outros dias, na sua vida financeira e relação com o público.

D&Machado Advocacia Empresarial.